Como a maioria das pessoas que já deram os seus testemunhos nesta rubrica, cruzámo-nos com a Inês no Instagram. Ela criou um projeto chamado Inês Ovelha Verde, no qual partilha informação e a sua experiência no caminho da sustentabilidade.

A Inês estudou Marketing e aprofundou os seus estudos com uma tese na área da sustentabilidade. Por isso a informação que partilha é de fontes fiáveis e com dados concretos. Gostamos muito da forma serena como fala de assuntos complexos e a sua presença não nos passou despercebida.

Inês, obrigada por teres aceite, é um prazer ter-te aqui connosco!

Admito que sou uma pessoa vaidosa. Tenho gosto em me vestir bem e em me sentir bem com a roupa que visto! Como pessoa tímida, a moda permite-me dar a conhecer um pouco de mim aos outros, sem ter de me expor.

Além disso, sinto que muito do meu amor próprio/autoestima resulta da perceção e relação positiva que tenho com o meu corpo, e neste aspeto, a moda tem também um papel preponderante.

Inês Alves - Eu uso moda second hand

A minha relação com a moda sustentável começou há 5 anos, com a consciencialização da crueldade animal e do impacto ambiental decorrente da exploração animal e do tingimento das peças de roupa.

Neste sentido, a minha jornada começou por deixar de comprar peças com pele e diminuir a quantidade de peças de roupa que comprava. À medida que o tempo foi passando, fui dando preferência cada vez mais ao mercado da roupa em segunda-mão e à troca de roupa, e menos à compra de roupa nas lojas de roupa convencionais.

Comecei também a estar mais atenta às peças de roupa que já havia por casa, tendo herdado algumas (uma delas será falada de seguida!). Só há pouco mais de 1 ano é que tomei a decisão de jamais comprar roupa que não seja sustentável ou ética!

Todo o sistema pelo qual a moda atual se rege é insustentável!

Segundo o Relatório Circular Fashion 2020:

  • 85% dos têxteis são depositados em aterros todos os anos
  • Menos de 1% do material usado na produção de roupa é reciclado
  • A quantidade de micro plásticos que acabam nos oceanos devido à lavagem da roupa equivale a 50 mil milhões de garrafas plásticas
  • São utilizados, anualmente, 93 mil milhões de metros cúbicos de água na produção de têxteis (incluindo na produção de algodão)

Além destes aspetos, acrescem-se os problemas sociais.

Ouvimos recorrentemente relatos das péssimas condições de trabalho que pessoas que confecionam as peças de roupa presentes nas grandes superfícies comerciais estão sujeitas. Além das péssimas condições e salários miseráveis, não só na confeção, mas também na produção das fibras, existe ainda preocupações relativamente à saúde destes, uma vez que existem evidências de uma maior incidência de casos de cancro em plantações de algodão com recurso a químicos/não biológico e em trabalhadores de indústrias produtoras de plástico, pela exposição a micro plásticos.

Para concluir, e voltando a assuntos felizes, gostava de mostrar uma das peças de roupa que herdei!

Ela era do meu tio, quando ele era novo, e passou para as minhas mãos há cerca de 2 anos. O facto de ela ser tão gira já traiu vários olhares indiscretos e foi responsável por variados elogios!

Esta camisola de malha também me acompanhou à minha viagem a Londres, da qual tenho muito boas memórias!

É gira ou não é gira? 😉

Inês Alves (@ines_ovelhaverde)

Inês Alves - Eu uso moda second hand

Como comprar roupa em segunda mão – uma questão de prática?

Comprar roupa em segunda mão pode até estar na moda mas ainda não é uma realidade para todas as pessoas. Alguns mitos, ideias pré-concebidas, dificuldades e receios levam a que muitos ainda tenham dificuldades em dar o passo. Mesmo que tenham vontade. Aos receios...

Um guarda-roupa que é uma biblioteca de histórias

A Salomé é um furacão. Combativa, faz da moda sustentável uma bandeira pessoal, lutando todos os dias por informar, sensibilizar e mudar comportamentos. Quer da indústria, quer de todos nós, enquanto consumidores. É a coordenadora do Fashion Revolution Portugal, um...

Cuidar bem das camisas – Dica#24

A camisa é uma peça intemporal e considerada, por muitos, um básico a ter no roupeiro. E como os básicos devem ser duráveis, vamos ver como cuidar das nossas camisas! Sempre para durarem mais tempo, claro. Verifica o interior dos colarinhos - é onde se sujam mais,...

Delicadeza para o que é delicado – Dica#23

Todos temos pouco tempo... Muitas vezes é mais fácil lavar a roupa delicada junto com a restante. Mas a verdade é que a roupa delicada precisa (e merece!) ser tratada com delicadeza. E irá durar muito mais tempo, e sempre bonita, se a tratarmos bem. Alguma roupa...

A moda como expressão de amor próprio

Como a maioria das pessoas que já deram os seus testemunhos nesta rubrica, cruzámo-nos com a Inês no Instagram. Ela criou um projeto chamado Inês Ovelha Verde, no qual partilha informação e a sua experiência no caminho da sustentabilidade. A Inês estudou Marketing e...

Prevenir as traças – Dica#22

A dica de hoje é para quem anda a mudar a roupa da estação! Com a mudança de roupas no roupeiro, é preciso cuidar das roupas que vão ficar a aguardar o regresso do frio. Uma das ameaças são as traças! Coloca saquinhos de pano com alfazema ou louro nas caixas, sacos ou...

Posso usar calções de ganga com um blazer?

Sim, pode. Na verdade, fica um visual fabuloso! Antes de continuar, e para ser clara: pode sempre usar o que quiser, desde que se sinta bem e tenha a atitude e o estilo certos! Voltando aos calções, se é quase certo que esta peça nos remete para looks de praia ou de...

Pendurar a roupa em sacos arejados – Dica#21

A dica de hoje também veio dos nossos seguidores de Instagram. Adoramos que nos façam chegar mensagens, que podemos partilhar com todos. A roupa que não está a uso deve ser bem guardada, para que fique bonita para a estação seguinte. Uma boa forma de o fazer é...

A designer de moda que usa a segunda mão para poupar dinheiro, o planeta e investir no futuro

A Inês Faria é uma jovem designer de moda com quem nos cruzámos no Instagram. Ela criou o projeto i.sustentavel para falar de Moda sustentável e partilhar o que vai aprendendo com a sua própria experiência. Partilha conselhos para comprar, livros sobre moda...

Guardar as lãs do avesso – Dica#20

Hoje o conselho para cuidar da roupa veio desse lado e partilhamos para que todos aproveitem! Uma das nossas seguidoras no Instagram enviou-nos esta dica mesmo na altura certa, quando estamos a mudar o roupeiro para a primavera. É hora de guardar as lãs! E ao guardar...
%d bloggers like this: