Conhecemos a Rita Clemente no Instagram, com o seu projeto Hippie Panda. Ela partilha a sua vida e o que faz para uma vida mais alinhada com o ambiente. Tem uma forma de estar muito descomplicada e é super curiosa e inventiva. Faz bebidas vegetais com todo o tipo de sementes, até de melão!

Há pouco tempo estivemos à conversa com ela, na sua série Conversas sobre roupa em segunda mão. Também lançou um ebook com muitas dicas para ajudar a comprar em segunda mão.

Obrigada pelo teu testemunho Rita, é ótimo acompanhar o teu trabalho!

A minha história com a roupa em segunda mão, começa antes de ter mais consciência em relação aos problemas da fast fashion. Desde nova que faço trocas de roupa com amigas e família, sem ter a mínima ideia de que isso era moda sustentável.

Mais ou menos há 10 anos, a minha irmã fez uma venda de garagem e foi a partir daí passei a comprar em segunda mão, com frequência.

Seguiu-se um negócio familiar onde, entre outras coisas, vendíamos roupa em segunda mão. Mais tarde, despertei para o impacto da industria da moda, e nunca mais comprei roupa nova.

Ao longo deste processo, passei por várias fases.

Quando comecei a comprar, adorava a facilidade com que ter peças em segunda mão me permitia rodar o meu armário. Comprava, vendia, trocava com amigas. Nos últimos anos, já mais velha, passei a ter um estilo mais simples e mantenho a roupa por muito mais tempo.

Sou super apaixonada por esta área.

Pois faz-me muita confusão ver tanta roupa, em bom estado, ser desperdiçada, ao mesmo tempo que se continuam a produzir toneladas de roupa nova, com um enorme impacto ambiental e à custa de exploração de tantas pessoas.

Acredito muito no potencial da segunda mão para criar emprego, reduzir a exploração de matérias-primas e até de aproximar comunidades.

Fico muito feliz por ver projetos como a reCloset a crescerem e creio que este é o futuro.

O futuro é em segunda mão!

A peça que escolhi, para partilhar, é este casaco lindo de lã da Massimo Dutti.

Escolhi não só porque o adoro, mas também pela longa história que tem. Foi-me oferecido por uma amiga e já tem muitos anos (provavelmente, mais do que eu).

Foi usado por ela, pela filha dela (mais velha do que eu) e agora está a ser usado por mim.

Está óptimo e no dia que o deixar de usar, já tenho várias pessoas que se ofereceram para o herdar ahah.

Rita Clemente, Hippie Panda

 

Rita Clemente - Eu uso moda second hand

Como comprar roupa em segunda mão – uma questão de prática?

Comprar roupa em segunda mão pode até estar na moda mas ainda não é uma realidade para todas as pessoas. Alguns mitos, ideias pré-concebidas, dificuldades e receios levam a que muitos ainda tenham dificuldades em dar o passo. Mesmo que tenham vontade. Aos receios...

Um guarda-roupa que é uma biblioteca de histórias

A Salomé é um furacão. Combativa, faz da moda sustentável uma bandeira pessoal, lutando todos os dias por informar, sensibilizar e mudar comportamentos. Quer da indústria, quer de todos nós, enquanto consumidores. É a coordenadora do Fashion Revolution Portugal, um...

Cuidar bem das camisas – Dica#24

A camisa é uma peça intemporal e considerada, por muitos, um básico a ter no roupeiro. E como os básicos devem ser duráveis, vamos ver como cuidar das nossas camisas! Sempre para durarem mais tempo, claro. Verifica o interior dos colarinhos - é onde se sujam mais,...

Delicadeza para o que é delicado – Dica#23

Todos temos pouco tempo... Muitas vezes é mais fácil lavar a roupa delicada junto com a restante. Mas a verdade é que a roupa delicada precisa (e merece!) ser tratada com delicadeza. E irá durar muito mais tempo, e sempre bonita, se a tratarmos bem. Alguma roupa...

A moda como expressão de amor próprio

Como a maioria das pessoas que já deram os seus testemunhos nesta rubrica, cruzámo-nos com a Inês no Instagram. Ela criou um projeto chamado Inês Ovelha Verde, no qual partilha informação e a sua experiência no caminho da sustentabilidade. A Inês estudou Marketing e...

Prevenir as traças – Dica#22

A dica de hoje é para quem anda a mudar a roupa da estação! Com a mudança de roupas no roupeiro, é preciso cuidar das roupas que vão ficar a aguardar o regresso do frio. Uma das ameaças são as traças! Coloca saquinhos de pano com alfazema ou louro nas caixas, sacos ou...

Posso usar calções de ganga com um blazer?

Sim, pode. Na verdade, fica um visual fabuloso! Antes de continuar, e para ser clara: pode sempre usar o que quiser, desde que se sinta bem e tenha a atitude e o estilo certos! Voltando aos calções, se é quase certo que esta peça nos remete para looks de praia ou de...

Pendurar a roupa em sacos arejados – Dica#21

A dica de hoje também veio dos nossos seguidores de Instagram. Adoramos que nos façam chegar mensagens, que podemos partilhar com todos. A roupa que não está a uso deve ser bem guardada, para que fique bonita para a estação seguinte. Uma boa forma de o fazer é...

A designer de moda que usa a segunda mão para poupar dinheiro, o planeta e investir no futuro

A Inês Faria é uma jovem designer de moda com quem nos cruzámos no Instagram. Ela criou o projeto i.sustentavel para falar de Moda sustentável e partilhar o que vai aprendendo com a sua própria experiência. Partilha conselhos para comprar, livros sobre moda...

Guardar as lãs do avesso – Dica#20

Hoje o conselho para cuidar da roupa veio desse lado e partilhamos para que todos aproveitem! Uma das nossas seguidoras no Instagram enviou-nos esta dica mesmo na altura certa, quando estamos a mudar o roupeiro para a primavera. É hora de guardar as lãs! E ao guardar...
%d bloggers like this: