Há quem pegue em cartazes e vá para a rua protestar.
Há quem crie hashtags e todo um movimento de protesto.
E também há quem o faça de forma mais discreta.

Sarah Corbett é uma ativista nata, tendo um historial de preocupação com questões sociais desde pequena. Mas não se identificava pessoalmente com o protesto nas ruas, com manifestações ruidosas. Como pessoa introvertida que é, esse tipo de protesto deixava-a desconfortável.

Mas queria contribuir com o seu exemplo, conhecimento e trabalho, por isso procurou outras formas de ativismo.

O movimento Craftivist Collective junta pessoas criativas, de todo o Mundo, que usam o que fazem com as mãos para se exprimirem, e que querem fazer uma mudança positiva no Mundo. Sempre de forma gentil, através da criação de peças com frases de protesto, mini cartazes ou shop dropping. E foi esta última iniciativa que me chamou a atenção, depois de ouvir a Sarah falar nela no podcast Wardrobe Crisis (link no artigo abaixo).

O shop dropping é o oposto de shop lifting, ou roubar nas lojas.

E trata-se de deixar algo escondido na roupa, em lojas de fast fashion. Neste caso, um recado escrito à mão com frases para fazer, quem comprou a roupa, pensar. Este movimento surgiu da tragédia do Rana Plaza e pretende apoiar a Fashion Revolution, de uma forma diferente. Mais gentil.

Shop Dropping - reCloset roupa em segunda mão
Créditos da imagem Craftivist Collective

E qualquer um o pode fazer! No site vendem um kit, mas na verdade só é preciso:

  1. cortar um pedaço de papel pequeno
  2. escrever uma frase ou texto que faça as pessoas pensarem no impacto da fast fashion
  3. enrolar num rolinho
  4. fechar com uma fita
  5. levar a uma loja de fast fashion e deixar numa peça de roupa

O que achas deste movimento? Já conhecias? Vias-te a fazer shop dropping?

Uma italiana zero waste em Portugal

A Anna Masiello dispensa apresentações. É a famosa ativista ambiental hero to zero, que partilha o seu dia-a-dia na sua página de Instagram. Desde dumpster diving, para reduzir o desperdício alimentar, até salvar chapéus de chuva estragados, a Anna luta em todas as...

Pensar antes de comprar – Dica#34

Há alguns materiais que requerem mais manutenção e cuidados. Incluíndo alguns que precisam de cuidados específicos, que não se pode ter em casa, como a limpeza a seco. Para minimizar esse tipo de cuidados, que têm também maior impacto no ambiente, pensa e avalia o...

Tirar nódoas de café – Dica#33

Temos andado a partilhar como tirar nódoas difíceis, como tirar sangue, terra ou tomate. Há amantes de café por aí? Saborear um café é ótimo. O que já não é ótimo é quando cai na roupa! Por isso hoje partilhamos como tirar nódoas de café Molha a zona da nódoa com água...

O que fazer a peças de lingerie que deixaram de servir

As peças de lingerie, como cuecas e soutiens, dificilmente encontram novo dono, quando deixam de servir. E, pela sua dimensão e formato, são mais difíceis de reutilizar ou dar novas finalidades. Por isso, mesmo que as uses até estarem bem velhinhas, vai haver um dia...

Eu adoro trapos

Cruzámo-nos com a Cláudia no Instagram, como com quase todos os testemunhos que por aqui partilhamos. Ela criou a página Laud Sustainable, onde partilha informação, marcas e pessoas dedicadas a uma moda mais consciente. Defende uma valorização das peças, para que não...

Tirar nódoas de tomate – Dica#32

Temos andado a partilhar como tirar nódoas difíceis, como tirar sangue e tinta ou tirar terra. Estamos a entrar na época do tomate, por isso esperamos que esta dica possa ser útil! Como fazer? Com uma faca de manteiga, retira cuidadosamente o excesso de molho de...

Shop dropping ou uma forma gentil de protesto

Há quem pegue em cartazes e vá para a rua protestar.Há quem crie hashtags e todo um movimento de protesto.E também há quem o faça de forma mais discreta. Sarah Corbett é uma ativista nata, tendo um historial de preocupação com questões sociais desde pequena. Mas não...

Lavar terra – Dica#31

Na semana passada, partilhámos como tirar sangue e tinta. Hoje continuamos com as nódoas difíceis, ensinando como tirar nódoas de terra. A terra é natural, claro, mas isso não significa que não deixe nódoas na roupa. Principalmente se misturada com outras substâncias,...

Será que preciso mesmo disto?

O Ayala Botto é biólogo, escuteiro, trabalha no Zoo de Lisboa, adora viajar e abraçou a missão de proteger a Natureza. Fá-lo através do seu trabalho, em colaboração com uma série de iniciativas, mas também estando disponível para conversas e partilhas. Na sua página...

Lavar sangue ou tinta – Dica#30

Uma nódoa estraga completamente uma peça. E aquelas difíceis podem colocá-la totalmente de parte, sem nunca mais ser usada. Por isso vamos trazer alguns métodos para tirar nódoas específicas - o de hoje é para sangue ou tinta. Coloca uma toalha debaixo da área com a...
%d bloggers like this: